Nos últimos anos o número de fintechs vêm se multiplicando com rapidez. Atualmente o número de unicórnios brasileiros avaliados em mais de US$ 1 bilhão chega a 24 startups.

Como simplificam operações de gestão financeira e permitem que os clientes controlem serviços pelo próprio smartphone, as fintechs  ganham cada vez mais adeptos. E diante do potencial de crescimento, é evidente que empresas tech desejam atuar nesse modelo de negócio.

Contudo, para ter sucesso no segmento, é preciso primeiramente saber o que são fintechs e como iniciar uma startup.  E pensando nisso, decidimos escrever este post para ajudar sua empresa de tecnologia a esclarecer todas as dúvidas.

Aproveite o conteúdo!

O que são Fintechs?

Fintech, abreviação para financial technology, é um modelo de empresa cujo objetivo é simplificar os serviços financeiros por meio da tecnologia.

PicPay, PagSeguro, Toro Investimentos e Nubank estão no ranking das melhores fintechs brasileiras e juntas já concentram centenas de milhões de clientes cadastrados. Só o Nubank, pioneiro no segmento desde 2013, soma mais de 80 milhões de clientes.

Além de diminuir a burocracia e tornar os serviços financeiros mais práticos, ultimamente as startups estão chamando a atenção por ajudarem, inclusive, na educação financeira de seus clientes. Elas oferecem suporte para esclarecimentos de dúvidas, bem como produtos ligados a investimentos.

O mercado das fintechs no Brasil e no mundo  

De acordo com o estudo realizado pela Inside Fintech, organização que busca transportar pessoas e negócios à nova economia, entre 2014 e 2018 surgiram 503 startups no Brasil. Hoje, já são mais de 1.476 fintechs em operação

A cidade de São Paulo é uma das grandes responsáveis por esse resultado, mas não só porque concentra um número alto de startups. A capital é apontada como a quarta cidade mais promissora do mundo para o crescimento das fintechs no relatório Global Fintech Rankings.

Para ter ideia do valor dessas empresas, existem startups que já são avaliadas em centenas de bilhões de dólares. De acordo com dados recentes do mercado,  a ByteDance, por exemplo, está valendo cerca de US$ 225 bilhões. A Stripe US$ 50 bilhões, a SpaceX US$ 150 bilhões e o Nubank US$ 110 bilhões.

Passo a passo para iniciar uma fintech

Certamente, as fintechs estão em alta e investir no segmento financeiro pode trazer grandes retornos no longo prazo. No entanto, não é do dia para a noite que uma empresa de tecnologia consegue iniciar uma startup. Existem etapas que precisam ser seguidas à risca com base em um planejamento consistente. 

Abaixo, veja o passo a passo para iniciar uma fintech

1- Conhecer os regulamentos

Cada país possui um tipo de jurisdição diferente quando o assunto é finanças. Logo, conhecer todos os regulamentos e aprender sobre as principais leis dos países é importante para lançar uma startup globalmente e, assim, ter condições de atender todos os usuários.   

2- Identificar o nicho de atuação

Gestão financeira, pagamentos e cobrança, investimento na bolsa de valores, mobile banking, enfim. Qual é o nicho de atuação que a sua empresa tech pretende atuar?   

Identificá-lo é outra etapa importante para sua empresa desenvolver o melhor produto para o público certo. Além disso, é importante  contratar profissionais especializados no nicho.   

3- Conhecer os concorrentes

Assim como em qualquer outro segmento, o mercado das fintechs é disputado e conhecer as concorrentes também é importante para direcionar as ações de forma inteligente.

Seu produto deve ser único e inovador, mas para desenvolvê-lo e entregá-lo ao cliente será preciso estudar os concorrentes e analisar o que já está sendo oferecido.

4- Encontrar uma vantagem competitiva 

Como a sua empresa de tecnologia não será pioneira no segmento, existe a chance do seu produto já ser ofertado por uma concorrente. Mas, não desanime. Se você encontrar uma vantagem competitiva e usar isso ao seu favor, existem grandes chances da sua fintech sobressair e conquistar o cliente.

5- Obter financiamento

Todo mundo que trabalha com tecnologia sabe que os investimentos neste nicho de atuação são altos. É preciso contratar uma equipe de profissionais especializados, ter infraestrutura e possuir disponibilidade de tempo para desenvolver os produtos. E, tudo isso requer dinheiro. 

As formas mais comuns de obter financiamento são por meio de empréstimos bancários, venture capital e investidores anjo. Mas, sua empresa precisa ter em mente que é necessário apresentar um bom projeto para realmente conquistar o investidor. 

6- Fazer uma boa gestão financeira e organização contábil

Ter uma ideia inovadora pode atrair a atenção de investidores, sem dúvida. Porém, na hora de investir o dinheiro, todos vão querer saber quais profissionais compõem a sua equipe e se a empresa está em dia com suas obrigações fiscais e trabalhistas.

O caixa está positivo? Quais são as dívidas de curto e longo prazo? Qual é o tempo médio para retorno do investimento? Qual é o custo mensal para manter a empresa funcionando? 

Você precisa fazer uma boa gestão financeira e contábil para mostrar aos investidores que a empresa é sólida, e que eles podem colocar dinheiro nela sem medo.

Como a Gestão Contabilidade pode ajudar sua empresa

A Gestão Contabilidade é uma organização comprometida que oferece serviços de terceirização financeira, contábil e consultiva para as empresas. 

Isso significa que você, empresário, pode focar em estudar o mercado tecnológico e desenvolver bons produtos, enquanto que o time da Gestão fica responsável por fazer toda a parte contábil e financeira do seu negócio.

Além de cuidar das tarefas e atividades rotineiras, a Gestão ainda ajuda a sua empresa na tomada de decisão estratégica, uma vez que os profissionais são especializados em analisar relatórios e indicadores de desempenho. 

A Gestão está constantemente investindo em conhecimento, qualificação técnica e contabilidade orientada a dados. E esse comprometimento é o que possibilita à sua empresa um diferencial competitivo para se destacar em relação aos concorrentes.

Ficou curioso para descobrir tudo que a Gestão pode fazer pela sua empresa tech? Então, entre em contato conosco e saiba mais detalhes sobre nossas soluções.