Faturamento e Lucro: Saiba a diferença!

Categoria: Gestão financeira

Postado em 10 de janeiro de 2020

2.5 minutos

Sua empresa está vendendo cada vez mais, mas mesmo assim continua difícil fechar as contas no final do mês? Talvez, o problema esteja relacionado ao faturamento e lucro do seu negócio, que ainda é tema bastante confuso para muita gente. Se você é um deles, veio ao lugar certo!

Muitas pessoas têm o desejo de empreender e, por melhor que desenvolvam aquilo que se propuseram a fazer, acabam tendo dificuldades com a gestão financeira do seu negócio. Acreditar que tudo o que entra na empresa em termos financeiros pode ser gasto como bem entender é o início do fim do sonho. Por isso, ter o conhecimento básico sobre o tema é vital para o futuro do seu empreendimento.

Quer entender as diferenças entre faturamento e lucro e ainda ter dicas de como ganhar mais dinheiro com sua empresa? Então confira nosso artigo!

O que é faturamento?

Imagine que você tenha uma loja que venda canetas, cujo preço é único de R$ 5. Em um mês, você vende 1.000 canetas, logo o dinheiro que entrou na sua empresa foi de R$ 5.000,00. Esse é o faturamento do seu negócio, que é a soma de tudo o que foi comercializado por ele.

A palavra faturamento vem de faturar, que é relacionado ao ato de vender algum produto ou serviço. 

O que é lucro?

Já o lucro é o resultado do faturamento, menos custos e despesas da sua empresa. Tudo o que você gasta com compra de produtos/matéria-prima, salários, impostos, publicidade, entre outros, são as despesas que você tem para manter a operação do seu negócio.

O lucro é aquilo que sobra “limpo” no caixa da empresa. Ou seja, se você calcular seu faturamento menos suas despesas, terá o valor do seu lucro.

Imaginando isso naquela hipotética loja de canetas, vamos supor que cada uma delas custe para você R$ 1,50: as 1.000 canetas custam R$ 1.500,00. Você ainda gastou R$ 300,00 com ações de marketing, R$ 500,00 com o aluguel do seu espaço, e R$ 300,00 com impostos.

Ao todo, seus custos são de R$ 2.600,00. Ao se calcular faturamento menos despesa (R$ 5.000,00 – R$ 2.600,00), seu lucro é de R$ 2.400,00.

Conseguiu entender o que é faturamento e lucro?

Custo fixo e custo variável

Claro que o exemplo da loja de canetas é hipotético e mostra um modelo bastante simples. No dia a dia do seu negócio, é necessário que você considere como despesas todos os custos fixos e variáveis, que são:

Custo fixo

Os custos fixos são aqueles que não se alteram, independente do volume de produção ou da quantidade vendida pela sua empresa. Se você tiver um faturamento alto no mês, ou fechar o período sem ter vendido um único item, seu custo fixo será o mesmo.

Neste quesito se enquadram despesas com aluguel, segurança, telefonia, internet, entre outras, que se mantém iguais em termos de valor ao longo dos meses, alterando apenas quando há algum reajuste.

Custo variável

Já os custos variáveis são aqueles que se alteram mês a mês, dependendo do seu volume de vendas ou de produção. Nele estão gastos com matéria-prima, energia elétrica e água, impostos, combustível se você trabalhar com entrega, entre outros.

Quando há funcionários, os salários são enquadrados como custos fixos, porém se há necessidade de horas-extras, esses valores passam a ser considerados como custos variáveis, já que se alteram mês a mês.

Como aumentar o lucro do seu negócio?

Agora que você já entendeu as diferenças entre faturamento e lucro, e já sabe diferenciar custos fixos de variáveis, é hora de aumentar o lucro da sua empresa. Desta forma, você pode manter o mesmo faturamento e ter uma sobra maior de dinheiro ao final do mês.

Para isso, siga essas dicas:

1. Saiba precificar 

Definir qual o preço dos seus produtos ou serviços é essencial para o sucesso do seu negócio. Além do valor influenciar e muito a decisão de compra do cliente, ter uma margem de lucro muito baixa pode comprometer o futuro do seu negócio. Já ter uma margem muito alta pode espantar seus consumidores para a concorrência.

Encontrar o ponto de equilíbrio é fundamental!

Para chegar e esse valor, é necessário que você saiba perfeitamente todos os custos envolvidos, sejam eles fixo ou variáveis. Desta forma, você saberá qual o valor mínimo que seu produto ou serviço pode ser comercializado. Acima disso, todo o valor passa a ser lucro. Porém, fique atento aos valores praticados pela concorrência e procure ter um preço sempre competitivo.

2. Venda mais para o mesmo cliente

Conquistar um cliente é uma tarefa nem sempre simples, e que exige investimento. Todos os gastos que você teve para atrair o consumidor para o seu negócio é o chamado CAC (Custo de Aquisição de Cliente). 

Logo, quanto mais você vender para o mesmo cliente, menor será seu CAC. Para isso, ofereça serviços extras, tenha produtos relacionados (sua loja hipotética de canetas pode vender também lapiseiras, cadernos, estojos, entre outros).

3. Tenha receitas recorrentes

Ter receitas recorrentes, isto é, que se repetem todos os meses, é uma maneira excelente de organizar seu financeiro e maximizar seus lucros. Isso é possível pelo fato de, ao passo que há uma receita recorrente, você pode ir em busca de novos clientes.

Fechar contratos de fornecimento por prazos maiores em caso de indústrias, ou mesmo criar planos de fidelidade para lojas ou prestadores de serviço, é uma maneira de garantir que seus clientes estarão todos os meses no seu negócio. 

4. Terceirize sua gestão financeira

Não compreender os detalhes da precificação e da gestão financeira não é nenhum pecado. Porém, não fazer fazer nada para mudar essa realidade pode ser um erro terrível para sua empresa. 

Por isso, terceirizar a gestão financeira da sua empresa com um escritório de contabilidade que seja especialista no assunto pode ser uma excelente alternativa para que o faturamento e lucro do seu negócio esteja sempre no verde.

Uma equipe profissional irá analisar todas as finanças da sua empresa, identificando mais rapidamente pontos que podem ser melhorados ou otimizados, garantindo maior margem de lucro ou evitando que você perca dinheiro.

Aqui na Gestão Contabilidade temos uma equipe completa formada por contadores e consultores de varejo que podem ser o apoio principal para o sucesso do seu negócio. Com base em informações concretas e com uma análise minuciosa de todo o financeiro da empresa, você tomará sempre a melhor decisão.

Entre em contato agora mesmo com a Gestão Contabilidade e tenha nossos consultores de varejo auxiliando no faturamento e lucro da sua empresa! Estamos te esperando!

Comentários

Receba os destaques por e-mail