6 Dicas Simples para Controlar seus Gastos

Categoria: Geral

Postado em 19 de outubro de 2015

Em tempos de crise econômica latente e instabilidade financeira geral, passar a cuidar bem do próprio dinheiro pode fazer toda a diferença. Para que os gastos do dia a dia não se transformem em verdadeiros pesadelos no final do mês, investir em educação financeira pode ser a saída mais eficaz para conseguir administrar os gastos adequadamente e passar a consumir de uma maneira um pouco mais consciente.

Elaborar um planejamento eficiente de suas finanças é mais simples do que parece, basta elencar o que você ganha e todos os gastos que tem no mês com itens como moradia, alimentação, transporte, vestuário, saúde, compras, internet, educação, lazer, serviços, etc.

Observando esse fluxo de movimentação financeira ficará mais fácil de analisar se o padrão de gastos que você mantém está ou não de acordo com os seus rendimentos e, a partir daí, conseguir reorganizar seu orçamento para evitar desperdícios de dinheiro e até gastos desnecessários, como aqueles com juros de cartão de crédito, por exemplo.

Adotando algumas medidas simples, e aos poucos, você conseguirá mudar a forma como lida com o dinheiro. Por exemplo, se você possui dívidas, priorize-as no seu orçamento e evite estabelecer novas. Se tem planos de comprar bens como carro e casa ou fazer aquela viagem dos sonhos, crie metas para controlar mais seu dinheiro e procure se planejar bem para isso, evitando financiamentos e parcelamentos.

Se a necessidade é de estender esse planejamento financeiro para toda a família, não se constranja e determine limites de quanto cada membro pode gastar consigo e com o coletivo e passe também a compartilhar mais as contas. Lembre-se que nos momentos de crise, a unidade é fundamental para se atingir mais rápido o objetivo comum.

Evite sempre as compras supérfluas, principalmente quando estiver em um shopping ou supermercado, e invista sempre em pesquisa de preços. E, sobretudo, economize, tendo sempre em mente que menos é mais e que ter um pouco de cautela nos gastos não faz mal a ninguém!

Não desanime, persista com essas práticas. Focar no cuidado com as finanças pessoais e ter muita força de vontade farão toda a diferença no seu bolso, você vai ver. Arregace as mangas e experimente!

DICAS PARA COMEÇAR A SE EDUCAR FINANCEIRAMENTE:

  • Anote todos os rendimentos e despesas pessoais ou da família e verifique se o padrão de gastos está de acordo com o orçamento final
  • Evite ou corte de vez os gastos com supérfluos e sempre se pergunte se realmente determinada compra ou serviço adquirido é necessário
  • Dê prioridade ao pagamento de dívidas e, se for realmente inevitável estabelecer uma nova, espere para fazê-lo depois de quitar a anterior
  • Trace metas e planeje bem os prazos para compra do carro, da casa e daquela viagem dos sonhos, evitando parcelamentos e financiamentos
  • Economize no que for possível e poupe ao máximo, só assim você saberá quanto e quando poderá investir em determinado bem ou serviço
  • Estabeleça limites de gastos familiares e individuais e compartilhe mais as despesas

Comentários

Receba os destaques por e-mail