Melhore a gestão de clientes: aposte em franquia de contabilidade

Categoria: Clientes Satisfeitos

Postado em 19 de julho de 2019

minutos

A gestão de clientes, em tempos de transformação digital, tornou-se um ponto estratégico das ações do seu escritório de contabilidade. Como gestor, é preciso melhorar o atendimento aos clientes. É isso que dará retorno financeiro e não perder horas com tarefas que podem ser feitas com a ajuda da tecnologia.

A tendência atual dos escritórios de contabilidade é adotar meios digitais. O objetivo é reduzir ou mesmo eliminar tarefas que consomem muito tempo da equipe, sem agregar valor algum ao cliente. 

Agora, já imaginou errar nos cálculos ou na apuração de impostos e prejudicar o cliente com uma multa do Fisco?  Além de o cliente ter prejuízo, isso acaba “queimando” a imagem do seu escritório. 

Claro que para alguns escritórios de contabilidade essa conta acaba ficando cara demais. Então veja como reduzir todos estes custos ao optar por uma franquia de contabilidade.

Por que melhorar a gestão de clientes do escritório de contabilidade? 

Há diversas empresas que precisam urgentemente do apoio de um escritório contábil eficiente. Mesmo aquelas que já contrataram um contador, algumas reclamam do serviço recebido. Na verdade, existe um certo desencontro entre as expectativas dos clientes e o que os escritórios de contabilidade realmente oferecem.

O primeiro desafio está em entender as necessidades dos clientes. Fazer um mapeamento do que eles demandam, o seu mercado, o orçamento ideal para os serviços, entre outros.

Por isso, na gestão de clientes, tenha em mente que o negócio seja lucrativo para ambos os lados. Se você tem um escritório de contabilidade é essencial realizar investimentos contínuos em tecnologia da informação para garantir que o relacionamento e troca de informações seja o mais seguro e ágil possível. 

É preciso não apenas cumprir todas as obrigações legais dos clientes com prazos antecipados, mas ir sempre além. O que isso significa? Contribuir solidamente para o crescimento do negócio do seu cliente. 

Também é preciso atuar como um consultor junto a cada cliente, analisando as particularidades da empresa com relação à legislação trabalhista e previdenciária relacionadas a sua atividade.

Como estreitar o relacionamento com o cliente?

Atualmente, escritórios de contabilidade têm a obrigação de acompanhar as inovações do setor e também as novidades tecnológicas. Por isso, adote um software para contador que permita cumprir das tarefas mais básicas às mais estratégicas. Assim, você garante mais produtividade e tem uma visão completa dos desafios do escritório.

Escolha sistemas de gestão contábil que atendam às necessidades do seu escritório, que ajudem a organizar e simplificar a sua rotina. Uma ferramenta digital que tem sido muito usada pelos escritórios é a tecnologia cloud computing, que processa e armazena dados em ambiente virtual com total segurança e organização.

Esses sistemas de gestão são essenciais para possibilitar a comunicação direta com os clientes de maneira intuitiva, por meio de plataformas que disponibilizem o envio e o recebimento de informações, de planilhas e de documentos, entre outros.

O software contábil atua também como um ERP (Enterprise Resource Planning). Permite compartilhamentos de dados e a uniformização de atividades e processos. Produz e trabalha informações em tempo real, otimiza o desempenho e maximiza os resultados. Toda a gestão do escritório fica centralizada na ferramenta que cuida da contabilidade dos clientes.

Claro que para alguns escritórios de contabilidade essa conta acaba ficando cara demais. Veja como você pode reduzir todos estes custos ao optar por uma franquia de contabilidade.

Como uma franquia de contabilidade pode ajudar

Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), as franquias no País ajudaram o setor a crescer 7,1% em 2018, na comparação ao ano anterior, e faturar mais de R$ 173 bilhões.

De acordo com a entidade, o salto do franchising se deve a uma série de inovações adotadas pelas redes de franquias, que resultaram em custos mais enxutos. Para se ter uma ideia, um estudo da associação mostrou que 92% das franqueadoras no País investiram em algum tipo de inovação nos últimos anos.

Uma franquia em contabilidade focada na gestão realiza as tarefas operacionais da sua empresa como escrituração contábil, fiscal e também tarefas trabalhistas e previdenciárias. É o modelo ideal para quem está começando no mercado ou para os empreendedores que querem diminuir o ritmo de estresse. 

Enquanto a parte operacional fica a cargo da franqueadora, você pode se focar nas estratégias como o relacionamento com clientes e serviços de consultoria.

A franquia contábil focada em gestão geralmente é um modelo de microfranquia. Como isso, o contador investe um valor inicial menor e consegue oferecer um serviço com mais qualidade.

E esse montante é muito menor do que se você tivesse sua própria estrutura. Sim, porque no seu escritório você pode achar que fica com 100% do lucro, o que não é verdade. Você arca com todos os custos de funcionários, infraestrutura e manutenção.

Com a microfranquia, você paga um percentual de 40% do seu faturamento mensal ao franqueador. Por outro lado pode trabalhar em casa ou em qualquer lugar com acesso à internet. Ou mesmo em um coworking. Quando precisar se reunir com um cliente, basta alugar uma sala. Com isso elimina diversos custos.

Enquanto isso, pode se dedicar mais à gestão dos clientes, prospectar novos clientes nas redes sociais. Além disso, pode desenvolver outras formas de trabalho que agregam valor ao serviço, como a controladoria. É um trabalho bem melhor remunerado.

O controller ou gerente de controladoria tem a responsabilidade de coordenar os processos de gestão econômica, financeira e patrimonial da empresa, fazendo um estudo tanto do ambiente interno como do externo. E só é possível fazer isso com a consolidação das informações apresentadas nos relatórios elaborados por seu setor.

No final das contas, ao investir em uma franquia você acaba ganhando mais do que atuando por conta própria. Veja um exemplo: se você ganha R$ 2 mil de um cliente e possui um escritório com estrutura própria, precisa deduzir todos os custos fixos mensais com aluguel e funcionários.

Agora, como franqueado, você pode receber R$ 5 mil. Desse valor 40% é entregue para a franqueadora mas, no final das contas, você fica com R$ 3 mil ‘na mão’ e não tem os custos empresariais.

Enfim, enveredar pela franquia é percorrer um caminho de sucesso já trilhado por outras empresas. 

É preciso abrir os olhos para o novo mundo que está surgindo, com modelos mais flexíveis. O resultado é o desenvolvimento de ferramentas e processos totalmente disruptivos.

Então? Está disposto a investir em modelo de sucesso como uma franquia de escritório de contabilidade focado em gestão? Continue acompanhando nosso blog e fique por dentro de todas as novidades sobre o assunto.

Comentários