Recuperação de Impostos: Entenda quais empresas têm direito

Categoria: Tributação

Postado em 27 de março de 2019

minutos

Mesmo contando com uma gestão empresarial bem planejada e um bom controle de orçamento, sobreviver no mercado em tempos de crise não é uma tarefa simples. Por isso muitos empreendedores contam com auxilio de recursos como a Recuperação de Impostos.
Esse recurso passa pelo planejamento da sua empresa e pode ser solicitado por um contador experiente.

Separamos todas as dicas necessárias para você recuperar os impostos que você tem direito, vamos lá?

Planejamento inteligente é essencial:

Um planejamento inteligente é essencial para o crescimento saudável do seu negócio. Mas como obter um planejamento assertivo a cerca do seu negócio?

A alternativa mais viável para você é contar com o auxilio de uma contabilidade especializada. Além de ajudar você com assuntos como a recuperação tributária, uma contabilidade oferece dados através de relatórios que podem ajudar você a estabelecer uma estratégia perfeita para o seu negócio.

O que é recuperação de impostos?

Recuperação de impostos é o ato de recuperar todos os impostos cobrados de forma indevida pelo governo. Ela ocorre a partir do levantamento geral de todos os impostos pagos, ao fazer esse levantamento o contador tem dimensão dos impostos que foram cobrados pelo governo indevidamente.

Toda vez que surgem tributos que contrariam as regras do governo de cobrança a sua empresa tem direito de realizar a recuperação.

Quem pode fazer a recuperação tributária?

Todas as empresas estão apitas a realizar a recuperação tributária. Sejam elas empresas governamentais ou privadas, de pequeno, médio ou grande porte. A quantidade de tributos e normas para empresas/empresários no Brasil é uma das maiores do mundo, e isso pode causar um nó na cabeça de muitos empresários.

Por esse e vários outros motivos é importante contar com o auxilio de uma contador experiente. Saiba como escolher uma contabilidade para sua empresa.

Como é feita a recuperação tributária:

Para realizar a recuperação tributária a sua empresa precisa seguir alguns passos:
• Realizar o levantamento geral de impostos pagos identificando os impostos estabelecidos de forma ilegal;

• Fazer a correção monetária para a atualização de valores;

• Realizando uma medida judicial e/ou procedimento administrativo sua empresa está apita a realizar a recuperação tributária.

Quais tributos podem ser recuperados:

Abaixo está uma lista de todos os impostos que podem ser realizado a recuperação tributária:

  • PIS (Programa de Integracao Social)– receita bruta e repique;
  • COFINS (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social);
  • ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços);
  • IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados);
  • ICMS-ST (ICMS-Substituição Tributária);
  • IRPJ (Imposto de Renda Pessoa Juridica);
  • CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido);
  • FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) – multa dos 10% em demissões sem justa causa;
  • INSS (Instituto Nacional da Seguridade Social) sobre verbas indenizatórias – nos casos de demissão sem justa causa;
  • ICMS pago nas contas de Energia elétrica.

Benefícios da recuperação tributária:

O levantamento inicial para ser realizada a recuperação tributária é importante também para identificar possíveis falhas que podem gerar multas fatais para o seu negócio.

A recuperação tributária também ajuda a reduzir a carga tributária do seu negócio, porque mostra a forma adequada da sua empresa pagar impostos, taxas e contribuições.

Qual sua opinião sobre a recuperação tributária? Você já fez? Deixe um comentário. Se preferir pode vir conversar com a gente, clique aqui.

Comentários