5 Vantagens de trabalhar como PJ

Categoria: Contabilidade

Postado em 25 de setembro de 2019

minutos

Ter seu próprio negócio é uma excelente possibilidade nos dias de hoje. Com a flexibilização das leis trabalhistas em torno da terceirização, são inúmeras as vantagens de trabalhar como PJ, que permitem que você ganhe mais e tenha mais tempo para se dedicar àquilo que sabe fazer.

Além de ser vantajoso para você, é bom também para as empresas, que por meio da contratação de uma pessoa jurídica para a realização de determinados serviços, se livram de altas cargas tributárias que precisam ser pagas por cada funcionário. Com a contratação de um PJ, isso deixa de existir, ficando tal responsabilidade com o contratado.

Você certamente ainda tem suas dúvidas se há realmente vantagem em atuar como um profissional liberal e é por isso mesmo que preparamos este artigo para você. Que tal ler agora mesmo?

1. Salários

Claro que o principal motivo de você deixar o CLT e se tornar um PJ está na possibilidade de ganhar mais. E sim, como pessoa jurídica você terá um salário maior se comparado às pessoas que desempenham a mesma função com carteira assinada. Isso acontece porque como PJ, a empresa não terá os custos com os tributos da CLT, podendo lhe remunerar em torno de 40% a mais. Isso ajuda a compensar as perdas que você teria com a CLT.

2. Benefícios

Como PJ, você deixa de ter benefícios que tinha na CLT, como 13º salário, férias, seguro-desemprego. Porém, tais valores você passa a receber a mais no seu contrato com a empresa, permitindo que você possa estipular quais valores destinará para esta sua segurança financeira. Logo, você passa a ter maior controle sobre seu futuro.

3. Menor percentual de INSS

Tanto o trabalhador pessoa física quanto o trabalhador pessoa jurídica possuem direito à aposentadoria, se fizeram a arrecadação do INSS. O que muda é o percentual, que é muito mais vantajoso para o PJ. Enquanto um autônomo precisa contribuir com 20%, o PJ formalizado tem a obrigação de contribuir apenas com 11%.

4. Mais confiança 

Quem trabalha como PJ transmite mais confiança ao mercado, já que passa a percepção de que cumprirá todas as exigências legais e de prazo, e ainda poderá emitir nota fiscal pelo serviço prestado. Aliás, como PJ você poderá emitir nota fiscal de todos os seus serviços de forma online, não ficando restrito à sua cidade de atuação.

5. Flexibilidade de horário

Esta é a principal razão que leva as pessoas a deixarem o regime CLT e partirem para o PJ: a possibilidade de definirem seu próprio horário de trabalho. Como você firmará contrato com a empresa para realizar determinado serviço, é você que terá que definir qual seu horário de trabalho. Essa flexibilização inclusive permite que você possa atender a mais clientes, maximizando seus ganhos.

Ser PJ como MEI ou Simples?

Para você se tornar PJ, você pode tornar-se um microempreendedor individual, o famoso MEI. Para isso, seu faturamento anual não pode ultrapassar os R$ 81 mil por ano, e sua atividade deve ser compatível com as cadastradas no sistema do Portal do Empreendedor, onde você pode fazer sua formalização.

Caso seu faturamento seja maior, você deve abrir uma empresa e enquadrá-la como Simples Nacional, cujo faturamento máximo é de R$ 4,8 milhões ao ano. Em ambos os casos, há cobrança simplificada de impostos.

Para lhe auxiliar na abertura da empresa, indiferente do regime tributário que você escolher, o ideal é contar com a consultoria de um contador. Somente ele poderá dizer com total certeza qual o melhor enquadramento, evitando que você pague impostos além do necessário.

Na Gestão Contabilidade, temos uma equipe de contadores especialistas em lhe mostrar as melhores soluções para o seu negócio. E contamos ainda com a inovação da Contabilidade Digital, que permite que você possa acompanhar em tempo real todos dados financeiros da sua empresa.

Como você viu, são inúmeras as vantagens de trabalhar como PJ. Que tal começar hoje mesmo? Entre em contato com a Gestão Contabilidade que vamos simplificar seu dia a dia!

Comentários