Contabilidade para empresas de TI: saiba o que você precisa agora mesmo!

Categoria: TI

Postado em 10 de outubro de 2019

Os profissionais da área da Tecnologia da Informação estão entre os primeiros que tiveram que formalizar seus negócios autônomos em Pessoa Jurídica (PJ). Com isso, houve a necessidade de contar com uma contabilidade para empresas de TI que de fato suprisse suas necessidades tributárias e financeiras.

A migração de autônomo para PJ abriu um leque de oportunidades para os profissionais de TI, e como consequência, passaram a exigir maior cuidado com tudo aquilo que compete a qualquer empresa, seja no planejamento da gestão, seja num trabalho rigoroso das finanças para que a empresa siga firme no mercado.

Para que você compreenda o que é a contabilidade para empresas de TI e qual a sua importância é que preparamos este artigo. Confira agora mesmo!

Escolha do regime tributário

O primeiro passo para o profissional de TI que precisa se formalizar é a escolha pelo regime tributário. Como empresa, ele poderá ser microempreendedor individual (MEI), Microempresa (ME), ou Empresa de Pequeno Porte (EPP), onde cada uma tem suas particularidades no que se refere ao faturamento máximo anual e a carga tributária.

No caso de MEI, a maior parte das atividades não se enquadram, com exceção do caso de Instalação de Redes e Manutenção de Computadores. No caso de prestação de serviços diferentes disso, é necessário partir para o Microempresa ou para a Empresa de Pequeno Porte.

Por exemplo, para os casos de Suporte de Informática, Telecomunicações e TI, as alíquotas do Simples Nacional iniciam em 6% e pode ser consideradas como as mais interessantes para os profissionais da área. 

Já para trabalhos de Programação, Desenvolvimento de Páginas Web e de Licenciamento de Softwares, as alíquotas do Simples Nacional já saltam para 19,50%, que é maior do que a opção do Lucro Presumido, cuja alíquota é de 16,33% em média.

Logo, para escolher a melhor opção de empresa e regime tributário, o ideal é contar com a ajuda de uma contabilidade para empresas de TI. Elas saberão identificar quais os tipos de serviço que serão prestados e qual o melhor enquadramento, permitindo que você pague menos impostos dentro da legalidade e não corra qualquer risco junto à Receita Federal.

A importância da contabilidade para empresas de TI

Outro ponto fundamental ao escolher uma contabilidade para sua empresa de TI está no fato que, no setor da tecnologia, existir normas fiscais distintas dos demais setores. Logo, se o contador não tiver o conhecimento específico para a área, poderá ter dificuldades em bem atender ao empreendedor. O resultado, neste caso, pode ser desastroso.

Por isso, o mais indicado é que a escolha pelo contador para sua empresa de TI seja baseado no conhecimento técnico que o profissional tem na área. A Gestão Contabilidade, por exemplo, conta com uma equipe especializada na contabilidade para TI, buscando conhecimento constante na área para prestar sempre o melhor atendimento aos clientes.

Na gestão Contabilidade, você encontrará diferenciais como:

  • Contabilidade: Lançamentos, conciliação, fechamento contábil e balancete mensal.
  • Fiscal: Responsabilidade técnica, lançamento de NFs e apuração de impostos.
  • Departamento Pessoal: Folha de pagamento, registro, rescisão, férias, afastamento e licenças.
  • Software de Gestão Financeira: Sistema de Gestão gratuito, com o sistema Conta Azul.
  • Conciliação Bancária Semanal: Conciliação bancária semanal para cuidar da saúde financeira da sua empresa.

Por isso, todo empreendedor da área da tecnologia deve pensar também em contar com um contador para TI que preste um atendimento focado nas necessidades de sua empresa, cuja área passa por frequente transformação.

Se você quer conhecer mais sobre como a Gestão pode oferecer a melhor contabilidade para empresas de TI, entre em contato agora mesmo com nossa equipe e conheça nossos planos e diferenciais. Estamos te esperando!

Comentários

Receba os destaques por e-mail