Como descobrir oportunidades de negócio na crise?

Categoria: Empreendedorismo

Postado em 23 de julho de 2020

4 minutos

Não são tempos fáceis para os empreendedores. Mas você sabia que em meio a tantas dificuldades é possível encontrar oportunidades de negócio na crise?

Já mencionamos aqui antes, que isso ocorre porque as crises são acompanhadas de mudanças não apenas no mercado, mas no comportamento do consumidor

Elas escancaram novas necessidades e abrem espaço para uma reformulação na forma de oferecer produtos e serviços.

Com planejamento, observação e estratégia sua empresa pode se destacar muito daqui para frente, basta entender como identificar oportunidades de negócio. 

Neste artigo, trazemos algumas dicas de como fazer isso. Acompanhe a leitura!

Como identificar oportunidades de negócio na crise?

As oportunidades existem, mas precisam ser encontradas por empresários que visam o crescimento mesmo em cenários turbulentos. 

Isso significa se desprender do mais do mesmo e observar detalhadamente as transformações ocorridas e o que pode ser feito a partir delas.

A seguir você pode conferir algumas dicas para descobrir oportunidades durante a crise.

1- Entenda mais sobre o seu mercado

Em tempos de crise, é natural que os clientes consumam menos, não porque não queiram gastar, mas porque os impactos econômicos fizeram com que eles se tornassem mais seletivos nas compras.

Então se o seu produto ou serviço não entrega um valor muito satisfatório ou se não é indispensável, o consumidor deixará de consumi-lo agora ou, pelo menos, até a situação melhorar

Para evitar que isso ocorra, é essencial entender mais sobre o seu mercado.

Pergunte-se:

  • O que meu cliente deseja? 
  • Como meu negócio pode ajudá-lo? 
  • Os produtos e serviços estão alinhados às suas expectativas? 

O x da questão é descobrir o que fazer para convencer esse cliente, que passa por uma revisão do consumo, comprar de você. 

Uma forma de entender um pouco mais sobre isso é coletar dados sobre os clientes, apreender o novo perfil de consumo, junto das novas dores e necessidades. 

Em alguns casos, se torna uma boa opção perguntar diretamente a eles e realizar pesquisas.

2-Analise os movimentos da concorrência

Já se questionou como seus concorrentes estão lidando com a crise? Pois é de suma importância entender as ações e estratégias adotadas e se estão funcionando. 

A partir de uma análise da concorrência, você pode identificar novas necessidades, ou seja, oportunidades que ela não está aproveitando e seu negócio pode aproveitar.

Afinal, nada mais comum do que ver diversas empresas perdendo o foco em cenários turbulentos como esses que estamos vivendo. 

Por isso, as empresas que fazem investimentos e inovam tendem a chacoalhar o mercado e colocar o negócio em evidência hoje e nos próximos anos!

3- Faça melhorias e inovações 

Épocas de crise são perfeitas para começar a otimizar processos e rever produtos e serviços. Mas aquela regra básica: sempre de olho em quem é seu público-alvo e nas exigências do mercado atual!

Entendido isso, você pode aproveitar esse momento para:

  • fazer melhorias em produtos e serviços
  • substituir os que não têm tanta saída
  • criar outros serviços e produtos

Procure olhar criticamente para a empresa e avaliar os pontos em que se pode economizar e fazer modificações. Isso é essencial para fazer da ideia uma oportunidade!

4- Envolva a equipe

Como os colaboradores estão sempre em contato com o cliente e por dentro dos resultados e processos da empresa, é muito provável que tenham ideias e percepções que vão ajudar muito na descoberta de oportunidades de negócio.

Por isso, abra um espaço para que eles dêem opiniões e façam críticas. Se nem todas as informações serão utilizadas, ao menos você terá grandes chances de encontrar uma visão embasada sobre o cenário.

5- Adquira novas franquias

A crise também traz oportunidades de expansão. Quem já é franqueado, por exemplo, pode adquirir novas unidades que estão enfrentando graves problemas financeiros.

E no caso de já ter uma franquia com unidade lucrativa, existe a possibilidade de a matriz priorizar você na hora da compra.

Os empreendedores que não são franqueados podem aproveitar para abrir uma. Mas sempre aquela atenção à parte administrativa para que não surjam problemas.

Como saber se minha ideia de negócio é boa? 

O primeiro passo para saber se uma ideia de negócio é boa deve ser analisar as variáveis para garantir que ela funcione no contexto em que será aplicada.

Entre alguns aspectos que podem ancorar essa avaliação estão:

  • analisar o público-alvo, como se comporta e quais são suas necessidades, dores e desejos
  • estudar se o produto ou serviço que sua empresa planeja oferecer atende às expectativas do lead ou cliente 
  • verificar se a ideia pode ser colocada em prática (tem viabilidade financeira)
  • avaliar se o mercado está preparado e se existe procura por isso
  • realizar pesquisas para estimar o crescimento futuro do mercado em que quer investir
  • determinar a lucratividade da empresa e quanto tempo irá demorar até o retorno do investimento
  • definir processos, planos de ação e estratégias de marketing

Esperamos que você tenha entendido como descobrir oportunidades de negócio em tempos de crise. Agora é mãos à obra!

Confira também este artigo: 9 passos para reduzir as dificuldades em sua empresa!

Comentários

Receba os destaques por e-mail